CELA - CAMPO EXPERIMENTAL DE LAVRAS

Endereço: 

Rodovia Lavras/ Ijaci km 02

   Campus da UFLA Lavras - MG

   CEP: 37200-000

   Caixa Postal: 176

 

Gerente

Valter José da Silva

 
E-mail:
cela@epamig.br

Horário de Funcionamento: 07h às 11h - 13h às 17h

Telefone: (35)3821-2231 / (35)3829-1439

 

Acesso:

Localização Geográfica

LINHAS DE PESQUISA

Cafeicultura - melhoramento genético do cafeeiro com ênfase à resistência a ferrugem; manejo Integrado de Pragas e Doenças;

manejo da lavoura cafeeira, tratos culturais, consórcio, poda. Nutrição do cafeeiro e manejo do mato.  

 

Geoprocessamento - Lavouras cafeeiras do Sul de Minas.

 

Fruticultura - banana, citros, figo, marmelo e abacate.

 

Cereais: arroz de terras altas.

SERVIÇOS

Laboratório de análise de solos e foliar e laboratório de análise de qualidade de café.

 

Produção e venda de sementes e mudas:

 

Sementes de Arroz

 

Sementes de Feijão

 

Mudas Cítricas

HISTÓRICO

O Campo Experimental de Lavras (CELA) foi criada em 1934 com a denominação de "Campo Experimental de Café", subordinado à Estação Experimental de Água Limpa, sediada no município de Sete Lagoas. Em 1943, passou a integrar a rede experimental do Instituto Agronômico do Oeste, sob a denominação de "Subestação Experimental de Lavras", com uma área de 132 hectares.

 

A partir de 1964, passou a ser denominada "Estação Experimental de Lavras", vinculada ao Instituto de Pesquisas e Experimentação Agropecuárias do Centro Oeste - Ipeaco. Com a federalização da Escola Superior de Agricultura de Lavras - ESAL em 1963, a Estação Experimental cedeu parte de sua área para a construção do novo
"campus", ficando a Estação com cerca de 50 ha para desenvolver pesquisa e experimentação agropecuária. Esta área, pertencente ao Ministério da Agricultura, foi cedida em comodato para a ESAL que, em 1972 cedeu-a para o Estado com o objetivo de implementar o Programa Integrado de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Pipaemg) o qual a partir de 1974 foi sucedido pela EPAMIG. Atualmente, esta área é utilizada através de mútua cooperação técnico-científica com a Universidade Federal de Lavras.

 

O EcoCentro – Centro de Manejo Ecológico de Pragas e doenças de Plantas, inaugurado em 2000, com apoio do CBP&D/Café, desenvolve atividades nas áreas de Controle biológico de pragas, Controle alternativo de pragas e doenças de plantas, Acarologia, Estudos de seletividade de produtos químicos à inimigos naturais. Possui laboratórios de Controle Biológico de Pragas, Acarologia e Fitopatologia. Possui criação de insetos e ácaros, utilizados nas diversas linhas de pesquisa.

 

Fotografias