NIT EPAMIG
Curso de Mestrado
Centros de Inteligência
DAE Eletrônico
Você está aqui : Página Inicial arrow Banco de Notícias arrow EPAMIG alerta para a broca-do-café na safra 2011
PDF Imprimir E-mail
Notícias - Notícias Gerais

EPAMIG ALERTA PARA A BROCA-DO-CAFÉ NA SAFRA 2011



Broca-do-café só ataca os frutos do cafeeiro
Pesquisadores da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) preveem baixa infestação para a Safra 2011 da broca-do-café, considerada a segunda praga mais importante na cafeicultura, mas alertam para o monitoramento nas lavouras.

Segundo o pesquisador da EPAMIG Júlio César de Souza, que investiga esta praga há mais de 35 anos, deve-se dar atenção especial a plantios adensados, onde as infestações podem ser maiores, além de dificuldade no controle químico. "O controle deve ser realizado todos os anos e iniciado três meses após a maior florada que geralmente acontece de setembro a outubro. O controle químico da broca é feito com inseticida endosulfan, realizado em nível de talhões", explica. Ele ressalta que o cafeicultor deve, sobretudo, realizar um monitoramento da praga em sua lavoura, com aplicação de defensivos apenas em casos de danos econômicos, evitando-se o uso indiscriminado.

O pesquisador recomenda uma única pulverização com aplicação tratorizada e atomizador costal motorizado (pulverizador que aplica a calda inseticida com auxílio de um motor) e duas pulverizações com pulverizador costal manual. "Adicionar espalhante adesivo à calda inseticida. Antes, corrigir o pH da água para 5,5", indica. Júlio explica que para o cafeicultor realizar racionalmente o controle dessa praga, monófaga (que só ataca o fruto do cafeeiro), é necessário o preenchimento de planilha específica. "Essa planilha está disponível nas Fazendas Experimentais da EPAMIG e nos escritórios da Emater-MG, em regiões cafeeiras de Minas Gerais", afirma.



Monitoramento da praga cafeeira

Para preenchimento da planilha, devem-se escolher aleatoriamente 30 plantas do talho. Em cada planta escolhida, visualizar 60 frutos em seis pontos, ou seja, dez frutos por pontos, sem os coletar. Estes frutos devem ser observados em diversos ramos e rosetas. De acordo com Júlio deve-se observar frutos chumbos, chumbões, totalmente aquosos (86% de umidade) da primeira grande florada.


Queda das infestações nas lavouras cafeeiras

Na cafeicultura brasileira, até 1970, as infestações de broca nas lavouras eram altas, atingiam quase 100%. Estas infestações eram resultadas da condução das lavouras, naquela época, de porte elevado, fechadas, sombreadas, úmidas e mal colhidas.  A partir dessa década, controle da broca, via mecanização, tornou-se mais rápido e seguro. Além disso, os maiores espaçamentos utilizados, reduziram as infestações pelo maior arejamento das lavouras, condição que desfavorece a multiplicação e sobrevivência da praga.

"Atualmente, as infestações da Broca estão reduzidas, requerendo controle químico em 30% dos talhões das lavouras de café, aproximadamente. Para o pesquisador da EPAMIG Rogério Antonio Silva como a entressafra no Sul de Minas foi muito seca, deverá ocorrer uma menor sobrevivência da broca no campo. "Poderá acarretar em uma diminuição na infestação em 2011. Isso poderá ser verificado através do monitoramento, restringindo o controle apenas nos talhões mais infestados", explica.


 Mais informações podem ser obtidas nas Circulares Técnicas nº. 90 (2010) e nº. 67 (2009), através do site www.epamig.br (Difusão de tecnologia).

Broca-do-café só ataca os frutos do cafeeiro
Broca-do-café só ataca os frutos do cafeeiro

Crédito: Paulo Rebelles / EPAMIG


Ascom EPAMIG

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email

(31) 3489-5022 / 3489-5023

Twitter oficial da EPAMIG: http://twitter.com/epamig

Flickr oficial da EPAMIG: http://www.flickr.com/photos/epamig

Agência Minas e Blog , acesse para mais notícias do Governo de Minas Gerais.

Acesse a Galeria de
Fotos do Governo de Minas Gerais.

Acompanhe também no
www.youtube.com/governodeminasgerais.

 
< Anterior   Próximo >
SEDE :  Av. José Cândido da Silveira ,  1647   -   União   -   Belo Horizonte  /  MG   -   CEP : 31170-495   -   TEL : (31) 3489-5000