sample43

O Programa Estadual de Pesquisas Grandes Culturas

O Programa Estadual de Pesquisas Grandes Culturas tem como objetivo o planejamento e o acompanhamento, em nível estadual, das atividades de pesquisa envolvendo as culturas do arroz, feijão, milho, soja e mandioca, gerando, adaptando, transferindo e difundindo alternativas tecnológicas compatíveis com a necessidade dos produtores, em benefício da qualidade de vida da sociedade. As pesquisas com arroz são centralizadas na Região Sul; com feijão, nas Regiões Sul, Zona da Mata e Triângulo Mineiro; com soja, no Triângulo Mineiro; com milho na Zona da Mata e com mandioca, no Norte de Minas.

 

sample43

Principais Linhas de Pesquisa

Avaliação de genótipos: Feijão (ensaios de Valor Cultivo de Uso – VCU, convênio EPAMIG-UFV-UFLA-Embrapa Arroz e Feijão);
Programas de melhoramento genético: Arroz (terras altas e irrigado); Soja (tolerância à seca, cultivares com características especiais para alimentação humana); Mandioca
Sistemas de produção: Arroz; Feijão
Manejo integrado de doenças: Feijão (mofo-branco, podridões radiculares, antracnose, ferrugem, mancha-angular, patologia de sementes); Soja (ferrugem asiática, nematoides, patologia de sementes); Milho (nematoides)
Fertilidade do solo e nutrição de plantas: Feijão; Soja
Tecnologia de sementes: Arroz; Feijão
Manejo integrado de plantas daninhas: Feijão; Soja
Mudanças climáticas e zoneamento agrícola

 

sample43

O Programa Estadual de Pesquisas Grandes Culturas

O Programa Estadual de Pesquisas Grandes Culturas tem como objetivo o planejamento e o acompanhamento, em nível estadual, das atividades de pesquisa envolvendo as culturas do arroz, feijão, milho, soja e mandioca, gerando, adaptando, transferindo e difundindo alternativas tecnológicas compatíveis com a necessidade dos produtores, em benefício da qualidade de vida da sociedade. As pesquisas com arroz são centralizadas na Região Sul; com feijão, nas Regiões Sul, Zona da Mata e Triângulo Mineiro; com soja, no Triângulo Mineiro; com milho na Zona da Mata e com mandioca, no Norte de Minas.
sample43

Principais Linhas de Pesquisa

Avaliação de genótipos: Feijão (ensaios de Valor Cultivo de Uso – VCU, convênio EPAMIG-UFV-UFLA-Embrapa Arroz e Feijão); Programas de melhoramento genético: Arroz (terras altas e irrigado); Soja (tolerância à seca, cultivares com características especiais para alimentação humana); Mandioca Sistemas de produção: Arroz; Feijão Manejo integrado de doenças: Feijão (mofo-branco, podridões radiculares, antracnose, ferrugem, mancha-angular, patologia de sementes); Soja (ferrugem asiática, nematoides, patologia de sementes); Milho (nematoides) Fertilidade do solo e nutrição de plantas: Feijão; Soja Tecnologia de sementes: Arroz; Feijão Manejo integrado de plantas daninhas: Feijão; Soja Mudanças climáticas e zoneamento agrícola
sq-sample26

FRUTICULTURA

Síntese


O Programa Estadual de Pesquisa em Fruticultura tem como objetivo promover o desenvolvimento sustentável e disponibilizar inovações tecnológicas para a atividade nas diferentes condições ambientais de Minas Gerais. As pesquisas com abacaxi, banana, citros de mesa, lima ácida Tahiti, morango, umbu, frutas de caroço, manga, maracujá, goiaba, cagaita, abacate e fruteiras de clima temperado buscam disponibilizar tecnologias para a agricultura familiar e para os grandes polos produtores.

sq-sample26

GRANDES CULTURAS

Síntese


O Programa Estadual de Pesquisas Grandes Culturas tem como objetivo o planejamento e o acompanhamento, em nível estadual, das atividades de pesquisa envolvendo as culturas do arroz, feijão, milho, soja e mandioca, gerando, adaptando, transferindo e difundindo alternativas tecnológicas compatíveis com a necessidade dos produtores, em benefício da qualidade de vida da sociedade. As pesquisas com arroz são centralizadas na Região Sul; com feijão, nas Regiões Sul, Zona da Mata e Triângulo Mineiro; com soja, no Triângulo Mineiro; com milho na Zona da Mata e com mandioca, no Norte de Minas.

sq-sample26

MEIO AMBIENTE

Síntese


O Programa Estadual de Pesquisa Meio Ambiente tem como objetivo coordenar atividades de pesquisa, adaptação tecnológica e inovação, proporcionando condições para o desenvolvimento sustentável, permitindo que a melhoria social e econômica do setor agropecuário e agroindustrial ocorra com o respeito às questões ambientais.

sq-sample26

OLERICULTURA

Síntese


O Programa Estadual de Pesquisa Olericultura é formado por uma equipe de 24 pesquisadores e tem como meta o desenvolvimento de tecnologias para a produção de hortaliças convencionais (alface, batata, brócolis, cebola, couve-flor, milho verde, morango, pepino e pimentão); não-convencionais; (araruta, azedinha, beldroega, almeirão, capiçoba, capuchinha, caruru, ora-pro-nobis, peixinho, serralha, taioba e vinagreira) e plantas medicinais (alcachofra, alecrim-pimenta, alfavaca, calêndula, erva-baleeira, melissa, hortelã-pimenta, hortelã-rasteira, guaco e tanchagem).