EPAMIG ITAC - INSTITUTO TÉCNICO AGROPECUÁRIO E COOPERATIVISMO







 

Endereço: 

Rodovia BR - MG 352 km 35 - Zona Rural - Pitangui - MG

CEP: 35650-000 - Caixa Postal: 43

 

Gerente de Ensino e Gerente de Apoio Adm. e Fin.  GEAP

Luci Maria Lopes de Abreu Lobato 

Francisco Olavo Coutinho da Costa

 

E-mail: ensinoitac@epamig.br  ou lucilobato@epamig.br ou  epamigitac@epamig.br ou olavo@epamig.br

 

Horário de Funcionamento: 

07h às 11h - 13h às 17h

 

Telefone: 

(37) 3271-4673 / (37) 3271-4004

 

Acesso : 

Belo Horizonte - Pitangui: 132 km 

 Localização Geográfica

LINHAS DE PESQUISA E ENSINO

Atividades:

Pesquisa: Grandes culturas e silvicultura

 

Ensino: Curso técnico em agropecuária: mecanização agrícola, laticínios, construções e instalações rurais, irrigação e drenagem, desenho e topografia; grandes culturas, fruticultura e cafeicultura e silvicultura.

 

Unidades Demonstrativas: fruticultura, olericultura, cafeicultura.

 

Zootecnia - aulas práticas: avicultura, apicultura, bovinocultura, ovinocultura e suinocultura. 

HISTÓRICO

O Instituto Técnico de Agropecuária e Cooperativismo (ITAC) "Antônio Luciano Pereira Filho" consta de uma Fazenda Experimental e de uma Escola Agrotécnica.

 

Fundado em 1990 e com capacidade para atender 200 alunos internos, o ITAC é detentor de uma estrutura física e organizacional preparada para ser referência no Ensino Técnico profissionalizante.

CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA
O curso Técnico em Agropecuária visa à formação de profissionais que poderão atuar na gestão do agronegócio, abordando a pesquisa agropecuária e o    cooperativismo. O curso é destinado a alunos que concluíram o Ensino Fundamental e podem cursá-lo simultaneamente ao Ensino Médio, com duração de três anos. E o candidato que concluiu o Ensino Médio pode optar pelo curso pós-médio, com duração de um ano e meio. Os dois cursos são realizados em tempo integral. Através de aulas teóricas e práticas os alunos aprendem preparação do solo até a colheita, preparação de galpões; atividades relativas à avicultura: das pintainhas até a galinha de postura; produções suínas e bovinas: ordenha e manejo; apicultura: do manejo ao beneficiamento dos produtos melíferos; laticínios: produção de derivados do leite. O curso oferece também em seu conteúdo: pesquisa agropecuária; importância do custo de produção (receitas e despesas) e cooperativismo.
INFRAESTRUTURA

O Instituto dispõe de infraestrutura de ensino, instalada em uma área de mais de 10 mil metros quadrados, composta por um edifício-sede e núcleos de atividades agropecuárias.  No edifício-sede estão as salas de aula, os laboratórios de Ciências Físicas e Biológicas e de Informática, a biblioteca, o alojamento, a sala áudio-visual, cozinha, o refeitório, auditório, as quadras poliesportivas, o anfiteatro, campo de futebol e a piscina.
O Instituto dispõe de infraestrutura de ensino, instalada em uma área de mais de 10 mil metros quadrados, composta por um edifício-sede e núcleos de atividades agropecuárias. No edifício-sede estão as salas de aula, os laboratórios de Ciências Físicas e Biológicas e de Informática, a biblioteca, o alojamento, a sala áudio-visual, cozinha, o refeitório, auditório, as quadras poliesportivas, o anfiteatro, campo de futebol e a piscina.

Os núcleos de atividades agropecuárias estão instalados em uma fazenda com 460 hectares com atividades relacionas à bovinocultura, com áreas práticas de estábulo e centro de reprodução e bovinocultura leiteira; laticínios - produção de iogurte, queijos e doces; de suinocultura e animais de pequeno porte com áreas de avicultura com galpão de corte e postura; apicultura - casa de mel para processamento de produtos apícolas.  O núcleo de agricultura conta com culturas perenes e temporárias (milho, feijão, sorgo, cafeicultura, fruticultura, olericultura) e área de mecanização agrícola, irrigação e drenagem.

Fotografias