NIT EPAMIG
Curso de Mestrado
Centros de Inteligência
DAE Eletrônico
Você está aqui : Página Inicial arrow Pesquisa arrow Programas Estaduais de Pesquisa arrow Olericultura
Olericultura PDF Imprimir E-mail
olericultura

Coordenador de Pesquisa: Marinalva Woods Pedrosa

 

O objetivo do Programa Olericultura da EPAMIG é o desenvolvimento sustentável do agronegócio olerícola no estado de Minas Gerais por meio da pesquisa e inovação do conhecimento técnico científico, da gestão e do processo produtivo da olericultura mineira.

O Programa centraliza suas atividades nos seguintes tópicos: 1) desenvolvimento do agronegócio olerícola, na economicidade dos atuais sistemas de produção, priorizando estudos de mercado e estudos de cadeias produtivas; 2) geração e adaptação de tecnologias competitivas e/ou poupadoras de insumos para os setores produtivos de olerícolas, priorizando o manejo adequado e a conservação do solo e dos recursos hídricos, manejo de irrigação, manejo integrado de pragas, doenças e plantas daninhas, melhoramento genético, reciclagem de resíduos orgânicos, cultivo protegido, cultivo em sistema orgânico, desenvolvimento de hortaliças para a agroindústria e introdução e adaptação de espécies alternativas; 3) avaliação do impacto da produção de olerícolas no meio ambiente e na saúde humana, priorizando boas práticas de produção para reduzir a contaminação de recursos hídricos, do solo e de produtos olerícolas; e 4) segmentação do mercado visando a estabilização da oferta de produtos olerícolas de qualidade ao longo do ano, a redução das perdas pós-colheita e tecnologias para produtos minimamente processados. Além da capacitação de produtores, técnicos e trabalhadores rurais para implementação de melhorias do sistema de produção, de comercialização e de consumo de hortaliças.

Minas Gerais é o segundo estado maior produtor de hortaliças no país com área plantada superior a 110 mil hectares, com volume produzido, em 2006, superior a 1.750 mil toneladas e geração, no setor, de aproximadamente 330 mil empregos diretos. Nesse ano, o volume comercializado de hortaliças em Minas Gerais foi cerca de 2,9 milhões de toneladas com valor total de produção em torno de R$ 2 bilhões. A produção de 900 mil toneladas de batata e 33 mil toneladas de morango comprova a liderança do Estado no ranking nacional desses produtos. A produção de 320 mil toneladas de cenoura coloca Minas Gerais na vice-liderança na produção deste produto. Essas conquistas refletem a expansão das áreas plantadas e a utilização de tecnologias avançadas.

O Programa Olericultura desenvolve atividades em quase todas as regiões mineiras, sendo os produtos mais trabalhados, por região:
NORTE DE MINAS / VALE DO JEQUITINHONHA: abobrinha-italiana, cebola, melancia, melão, moranga-híbrida, morango, pimentão, repolho e quiabo.
ZONA DA MATA: alface, batata-doce, cebola, cenoura, mandioquinha-salsa, moranga-híbrida, milho-verde, pimentão, pimenta, quiabo, repolho e taro (inhame).
SUL DE MINAS / CAMPOS DAS VERTENTES: alface, batata, beterraba, cenoura, moranga-híbrida, morango, pimentão, quiabo, repolho e taro (inhame).
REGIÃO METALÚRGICA: abobrinha-italiana, alface, alho, cebola, moranga-híbrida, morango, milho-verde, tomate e quiabo.

 
< Anterior   Próximo >
SEDE :  Av. José Cândido da Silveira ,  1647   -   União   -   Belo Horizonte  /  MG   -   CEP : 31170-495   -   TEL : (31) 3489-5000